Full width home advertisement

Segurança Pública

Armamento e Tiro

Saúde

Ocorrências

Post Page Advertisement [Top]

O Papel dos Municípios na Segurança Pública 


Como os municípios podem agir para prevenir a violência? Sabemos que a ampliação da atuação preventiva municipal com foco em fatores de risco não enfrenta qualquer restrição constitucional.

   

Nesse vídeo a especialista Melina Risso, do Instituto Igarapé, nos mostra que, se considerarmos sua vocação e competência federativa o município tem um papel importante a cumprir na produção de informações sobre fatores de risco, com o objetivo de orientar políticas preventivas mais assertivas; na articulação de diferentes ações e atores em torno da agenda de segurança; e na reorientação do papel da guarda com enfoque comunitário e atuação em questões não criminais e focalização de programas preventivos. 

Se considerarmos sua vocação e competência federativa o município tem um papel importante a cumprir na produção de informações sobre fatores de risco, com o objetivo de orientar políticas preventivas mais assertivas; na articulação de diferentes ações e atores em torno da agenda de segurança; e na reorientação do papel da guarda com enfoque comunitário e atuação em questões não criminais e focalização de programas preventivos. 

As guardas municipais são atores importantes, que desempenham um papel de apoio e implementação de ações preventivas; contudo, a tendência de que estes órgãos evoluam de forma a mimetizar as políticas militares é considerada controversa por especialistas da área, como Almir Junior e Joana Alencar, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA). Para os especialistas, a atuação dos guardas tem como potencial ampliar a participação da população na segurança pública e para isso é importante que esta trabalhe com a percepção de que “a construção de uma cidade segura deve ser conduzida junto com as comunidades locais.” 

A crescente relativização do papel dos governos estaduais na segurança pública, a ampliação da participação da União no campo das políticas e o espaço considerável de atuação que os municípios vêm ocupando, é caracterizado como um tipo de “alargamento” conceitual e institucional da questão da segurança.¹ Leia mais sobre o caso do Observatório de Segurança de Paraty, idealizado com o objetivo de monitorar dados e retroalimentar ações de prevenção à violência.

Fonte: Rede Juntos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by AZUL MARINHO NEWS