Full width home advertisement

Segurança Pública

Armamento e Tiro

Saúde

Ocorrências

Post Page Advertisement [Top]

Artigo: Que tipo de carroça é você?


Conta uma história que um avô e seu neto ficavam sentados na beira de uma estrada, observando as carroças passar. Durante muito tempo os dois ficavam ali. Dias e mais dias iam se passando e, os dois, apenas observavam. Depois de muito tempo, o menino intrigado com o passar das carroças, perguntou ao avô o porquê eles estavam ali. Seu avô, muito sábio, disse: “Ouça os barulhos…”

Sem entender muito bem, o menino passou a prestar mais atenção no barulho que as carroças faziam. Passado mais algum tempo, o menino disse: “Vovô, noto que as carroças vazias passam por essa estrada e fazem um barulho enorme. Além disso, observei que as carroças que vêm cheias, não fazem barulho algum, ou, se fazem, é um barulho quase imperceptível”.

O avô, muito feliz, disse ao menino: “Sim, é isso mesmo que eu gostaria que você aprendesse…” O menino, meio intrigado perguntou por que seu avô não havia dito aquilo antes, pois, agora, já tinha entendido a mensagem.

Mas, novamente, o avô o surpreende perguntando: “meu neto, o que você entendeu para a sua vida sobre isso que me disse ter aprendido?” O menino, receoso, disse: “bem, nada né vovô, estamos falando sobre carroças”.

Então, o avô lhe diz o seguinte: “Meu neto, meu nobre neto; a carroça vazia representa as pessoas inteligentes, que falam bastante, mas, são vazias por dentro, são arrogantes, soberbas, falam mal da empresa na qual trabalham, falam mal dos vizinhos, dos seus pares, acreditam que são sempre melhor do que as outras. São pessoas que não entenderam que o Criador nos deu dois olhos, dois ouvidos e apenas uma boca, justamente para que vejamos e ouçamos mais do que falamos. Essas pessoas, que são as “carroças vazias”, julgam, condenam, gritam, esbravejam, são pessoas negativas, pessimistas. São chefes que soterram a criatividade dos empregados, pois não permitem que eles deem opinião, não aceitam suas ideias, pois se julgam superiores. Mesmo sendo vazias, o que elas mais fazem é barulho, todavia, um barulho que não se faz ouvir dentro delas mesmas.”

“E as carroças cheias, vovô, o que elas representam?”, pergunta o compenetrado menino. “Bem, meu neto, meu nobre neto, as carroças cheias são as pessoas sábias, que ouvem, veem, aplaudem o sucesso dos outros, ficam felizes quando seus pares conquistam bens, quando crescem espiritualmente. São pessoas que se ajudam nas empresas, trabalham em equipe, reconhecem o valor do ser humano no espetáculo que é a Terra. Essas pessoas são sábias, pois não condenam nem julgam, mas orientam e cooperam. São positivas, otimistas e preenchem o mundo com o seu jeito encantador de dar atenção aos outros. Pensam em crescer sim, ter riquezas, mas, por onde passam, deixam suas indeléveis marcas de amor, fé, alegria. São líderes que valorizam os liderados, e não gerentes que massacram seus subordinados. Eles elevam o moral da equipe e das pessoas, e não menosprezam, humilham quem lhes apóia. As carroças cheias, meu neto, observe, não fazem nenhum ou fazem pouco barulho, mas estão cheias de coisas boas para transmitir ao mundo”.

O menino e o avô se abraçam e juntos, continuam observando o passar das carroças… e o das pessoas.

E você, caro leitor, que tipo de carroça é você?

Um abraço, fique com Deus, muito sucesso e felicidades sempre!

Professor Paulo Sergio - já publicou 17 artigo(s) no blog Carreira Profissional. Contador, Consultor, Escritor e Palestrante nas áreas de Treinamento e Desenvolvimento Pessoal e Profissional, Vendas, Motivação, Liderança, Perfil Profissional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bottom Ad [Post Page]

| Designed by AZUL MARINHO NEWS